Editora Sulina
0

    Sua sacola está vazia.

A serviço do livro

26/09/2007

Antônio Hohlfeldt é o patrono da 53ª Feira do Livro de Porto Alegre. O novo patrono da Feira é um escritor e também um político. Não é de admirar, portanto, que o primeiro gesto de Antônio Carlos Hohlfeldt ao ser sagrado o novo dono da praça, ontem pela manhã, tenha sido de conciliação: chamou para receber com ele o troféu dado ao patrono os demais candidatos à função presentes à cerimônia.

Uma iniciativa que espelha um desejo para esta 53ª edição da Feira.

- Qualquer um dos indicados a patrono tem uma história a serviço do livro, eu me sentiria representado por qualquer um deles que fosse eleito. Acho que poderíamos, se eles aceitassem, programar atividades também com os patronáveis na Feira.

O patrono é escolhido por eleição dos filiados da CRL dentre uma lista de 10 candidatos elaborada a partir de uma consulta a livreiros, comunidade acadêmica e escritores do Estado. O anúncio de Hohlfeldt foi feito, às 9h25min de ontem, no Bistrô do Margs, na Praça da Alfândega, que será a sede da Feira de 26 de outubro a 11 de novembro.

Na solenidade, comandada pelo presidente da Câmara Rio-Grandense do Livro (CRL), Waldir da Silveira, e pelo patrono anterior, Alcy Cheuiche, encontravam-se patronos de outras edições e a imprensa. Ao transmitir o cargo a seu sucessor, Cheuiche ainda brincou:

- Mais tarde eu te passo os 10 mandamentos.

Patrono é escritor e homem público

Nascido em Porto Alegre em 1948, Hohlfeldt praticamente cresceu com a Feira. Em seu discurso já como patrono, primeiro agradeceu à eleição ("já pedi votos para muitos dos que estão aqui, mas nunca para este cargo") e lembrou de sua relação com a Praça. Disse que montou boa parte de sua biblioteca particular aproveitando saldos e descontos de sebos instalados na Praça.

- Levei 15 anos comprando a Comédia Humana de Balzac em 17 volumes, cada volume de uma edição diferente, mas comprei toda ela aqui nos sebos da Feira - recordou.

O novo patrono é, dentre os já eleitos, um dos nomes mais conhecidos pelo público, e por mais de uma faceta de sua carreira. É um político conhecido - foi vice-governador na gestão de Germano Rigotto, de 2003 a 2006. Foi também vereador de Porto Alegre por quase duas décadas - o primeiro petista a conseguir uma cadeira no legislativo da Capital. Em 1993, ele se desligaria do PT que ajudou a fundar e se filiaria ao PSDB e mais tarde ao PMDB.

Hohlfeldt também é professor universitário com passagem em mais de uma instituição de ensino - atualmente está ligado à Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), onde dá aulas e desenvolve uma pesquisa sobre a história da imprensa no Estado. Mestre e doutor em Literatura, Hohlfeldt é também um crítico literário e jornalista com publicação constante na imprensa - atualmente é colunista semanal do Jornal do Comércio. E também é autor de 13 livros para o público infantil - o último, lançado na Feira do Livro do ano passado, foi A Aventura Aventurosa de Acanai Contra a Grande Cobra Sucuri na Terra sem Males (Letras Brasileiras, 108 páginas R$ 28).

CARLOS ANDRÉ MOREIRA
Zerohora.com
Leia mais sobre o patrono da Feira no blog Mundo Livro
Feira do Livro
- A Feira do Livro este ano começa no dia 26 de outubro e se estende até 11 de novembro. A Área Infantil e Juvenil funciona das 9h às 21h. O restante da Feira no horário das 13h às 21h.
- Serão 171 bancas, 118 na Área Geral, para os leitores adultos, 33 na Área Infantil e Juvenil e 20 na Área Internacional.
- Não haverá Estado convidado nem país homenageado em 2007. A Colômbia seria o país homenageado em 2007, mas como Bogotá foi declarada pela Unesco a Capital Mundial do Livro, o país foi alvo de muitas homenagens e não pôde aceitar.
- Alguns convidados já estão acertados para esta 53ª edição da Feira. Um dos destaques é a vinda da jornalista Asne Seierstad, autora de O Livreiro de Cabul. A repórter virá a Porto Alegre no período da Feira para o ciclo Fronteiras do Pensamento e, pela parceria da Copesul com a Câmara do Livro, está acertada uma palestra de Asne na praça.

Link: www.zerohora.com.br