Editora Sulina
0

    Sua sacola está vazia.

Opção de entrega pelos Correios, retirar na loja ou entrega expressa.
COMPRE AGORA
Forma de pagamento flexível.
Parcelamento em até 18X.
CARTÕES DE CRÉDITO E DÉBITO | BOLETO | DEPÓSITO
Frete Grátis para todo o Brasil para
compras acima de R$ 290,00
CORREIOS (RE: Registrado econômico)
TODO O SITE COM 20% DE DESCONTO - OFERTA VÁLIDA DURANTE A FEIRA DO LIVRO DE PORTO ALEGRE
De 30 de outubro a 15 de novembro de 2020
Voltar

Antonin Artaud

A revolta de um anjo terrível

Alex Galeno

ISBN: 85-205-0386-1
Categoria(s): Arquitetura e artes     
Edição: 1ª - 2005
Formato: 14 x 21 cm
Nº de Pag.: 206
Peso: 0,240 Kg

Disponibilidade: esgotado

Entender a relação entre vida e obra constitui sempre tarefa árdua, complexa e desafiadora. Os cinquenta e dois anos da trajetória de vida de Antonin Artaud (1896-1948) foram mais do que ilustrativos dessa relação tensional que se estabelece entre a endorreferência do sujeito e a exorreferência do sistema. As desavenças mentais do escritor são mais do que conhecidas. Sua obra já foi classificada como a de um gênio criador, sua revolta contra o poder psiquiátrico considerada exemplar, seus delírios mexicanos diagnosticados como emanações profundas das dores da alma. Afinal, afirmava ele: “Eu sou Antonin Artaud, eu sou meu filho, meu pai, minha mãe e eu mesmo”.
Em Antonin Artaud, revolta de um anjo terrível ― originalmente tese de doutorado defendida na PUC de São Paulo ― Alexsandro Galeno Araújo Dantas, professor da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, penetra de cabeça nos continentes imaginais do Artaud, na plasticidade cênica de suas escrituras, nas angústias plurais de seu ser-sujeito. Sua artaudicéia se estrutura em seis atos-percursos, nos quais a dialogia vida-obra se reveste de um caráter trágico, explosivo, dilacerador, hominescente.
A revolta artaudiana é de tal monta que, ao percorrermos as páginas deste livro, passamos a perceber a atualidade de seu pensamento nesses dias sombrios mundializados, líquidos, que nos dirigem cada vez mais para a necessidade de repensarmos a nós mesmos, de nunca desistir da liberdade, da esperança, da regeneração, mesmo diante da crueldade do mundo e do cinismo das instituições.
Confira a fanpage da Editora Sulina www.facebook.com/editorasulina


 

Entrega: Correios, Motoboy (Porto Alegre), Retira na loja.

Forma de Pagamento: Depósito em conta corrente ou PagSeguro (cartões de crédito, débito e boleto bancário).

OBRAS RELACIONADAS