Editora Sulina
0

    Sua sacola está vazia.

Entregamos para todo o Brasil
Correios (PAC, SEDEX)
Em breve por transportadora
Forma de pagamento flexível.
Parcelamento em até 18X
CARTÕES DE CRÉDITO E DÉBITO | BOLETO | DEPÓSITO
Entrega expressa para Porto Alegre
COMPRE AGORA
Voltar

Não Devo Pensar em Coisas Ruins

Ensaios sobre o Império Americano, cultura digital, pornografia pós-humana e o simbolismo sexual do dedão da Madonna

Mark Dery
Coleção: Cibercultura | outros livros desta coleção

ISBN: 978-85-205-0589-2
Tradução: Marcelo Duarte
Categoria(s): Sociologia     
Edição: 1ª - 2010
Formato: 14 x 21 cm
Nº de Pag.: 343
Peso: 0,400 Kg

R$ 50,00

Do crítico cultural que a revista Wired chamou de “provocativo e cortantemente bem-humorado”, vem uma nova coleção visceralmente engraçada e inteligente de críticas -relâmpago – de uma América enlouquecida, e um mundo onde o caos e a catástrofe são o normal.
Aqui estão ensaios sobre as fantasias pornográficas dos fãs de Jornada nas Estrelas com os Borg, a mente coletiva fascista de aliens homens-máquina; o Facebook como um Limbo dos Perdidos para os mortos do seu anuário do colégio; o medo de George W. Bush do seu gay interior; o utilitário esportivo como um totem do americanismo asqueroso; a moralidade de se usar roupas com estampas camufladas durante tempos de guerra; por que o golfe é um campo de batalha entre as classes; o conteúdo homoerótico oculto do Superbowl; a conversão do Holocausto em parque temático; a Igreja da Eutanásia; os objetivos secretos dos testes de QI; o parentesco secreto do Papai Noel com Satã; o sadismo dos dentistas; a cabeça decepada como um significante; e, é claro, o simbolismo sexual do dedão da Madonna.
Tradução: Marcelo Duarte
Confira a fanpage da Editora Sulina
www.facebook.com/editorasulina

Entrega: Correios e Motoboy (Porto Alegre).

Forma de Pagamento: Depósito em conta corrente ou PagSeguro (cartões de crédito, débito e boleto bancário).

OBRAS RELACIONADAS